Manchas brancas no dente: conheça as causas, tratamentos e formas de prevenção

manchas brancas no dente

10/06/2021 | Por: Odonto Busca Conteúdo

Você está ali em frente ao espelho, escovando os dentes, passando o fio dental ou fazendo qualquer outra coisa e, de repente, se depara com manchas brancas no dente.

Por mais que cause estranheza, a tendência é não dar muita importância para isso, afinal, você não está sentindo nada de diferente, não é mesmo?

Errado! Por mais que essas manchas brancas no dente pareçam inofensivas, elas demandam cuidados especiais.

Caso contrário, o que começou apenas como um problema estético pode se agravar e tornar o tratamento ainda mais complicado.

Odontólogo, cadastre-se e garanta seu lugar entre os melhores profissionais do país. Seja visto mais vezes por clientes em potencial da sua região.

Paciente, crie a sua conta e tenha acesso a centenas de profissionais, em todas as regiões do país, para marcar a sua consulta com praticidade.

Neste artigo, você vai conhecer os principais fatores que contribuem para o surgimento dessas manchas brancas no dente.

Além de entender o que precisa ser feito quando se deparar com esse tipo de problema e, melhor, o que fazer para prevenir esse tipo de alteração.

Veja tudo que será abordado sobre o assunto:

  • O que está por trás das manchas brancas no dente
  • Como proceder ao se deparar com esse tipo de problema
  • Possíveis causas das manchas brancas no dente
  • Cárie
  • Fluorose dentária
  • Hipoplasia de esmalte
  • Outras causas
  • Os diferentes tipos de tratamento
  • Como prevenir o surgimento das manchas brancas no dente

O que está por trás das manchas brancas no dente

Que as manchas brancas no dente interferem na estética do sorriso não é novidade é para ninguém.

O que muitos não sabem é que, quando essas marcas aparecem, geralmente é sinal de que determinadas substâncias podem ter influenciado no desenvolvimento dentário.

Causando, inclusive, desequilíbrios na formação do esmalte do dente, que naturalmente é 90% constituído por substâncias minerais e 10% por água e materiais orgânicos.

E ao contrário do que muitos pensam, esse problema não se restringe aos dentes de leite. Pelo contrário, os dentes permanentes também podem ser atingidos por manchas brancas.

Como proceder ao se deparar com esse tipo de problema

Importante destacar que, por mais que essas manchas brancas no dente sejam assintomáticas, de forma geral, e soem inofensivas, o problema pode evoluir se não receber a devida atenção.

Portanto, antes de falarmos sobre as possíveis causas e formas de tratamento e prevenção, é preciso reiterar a necessidade de buscar ajuda profissional ao se deparar com esse tipo de alteração.

O maior erro do paciente é esperar que essas manchas desapareçam naturalmente.

Isso porque, a partir do momento em que elas se tornam perceptíveis, significa que precisarão de tratamento para se extinguirem.

E quanto mais tempo a pessoa esperar para buscar ajuda de um profissional dentista, a tendência é que o tratamento se torne cada vez mais complexo.

Além, claro, do risco de acabar gerando sérias consequências para o futuro.

Portanto, ao se deparar com manchas brancas no dente não deixe de agendar imediatamente uma consulta com um odontólogo de confiança.

Somente assim será possível avaliar o que pode estar causando esse desequilíbrio, a gravidade da situação e a forma mais adequada de tratá-lo.

Possíveis causas das manchas brancas no dente

Agora que você já sabe o que fazer ao se deparar com esse tipo de problema, chegou a hora de conhecer alguns dos problemas bucais que causam as manchas brancas no dente.

Além da cárie, fluorose dentária e hipoplasia de esmalte, esse tipo de marca também pode ser motivado por maus hábitos, excesso de saliva na cavidade oral e até mesmo problemas de saúde na infância.

Entenda, a seguir, um pouco mais sobre cada uma dessas possíveis causas.

-Cárie

manchas brancas no dente

Por mais que a cárie seja associada à manchas escurecidas, doença começa com manchas brancas no dente

Considerado o maior problema de saúde bucal do País, a cárie é uma das alterações bucais que causam manchas brancas no dente.

Para quem não sabe, esse tipo de mancha é o primeiro sinal de desmineralização do esmalte dentário, o que indica que a cárie ainda está em fase inicial.

De forma geral, surge em virtude de higiene bucal inadequada e/ou dieta cariogênica, em locais onde há acúmulo de alimentos e, consequentemente, favorecem a formação da placa bacteriana, um sinal de alerta.

Nesse estágio, o diagnóstico não se dá de forma facilitada. Portanto, somente um cirurgião-dentista, após exame clínico, é quem poderá dizer se se trata de um caso de cárie ou não.

A boa notícia é que, em caso afirmativo, o tratamento pode ser iniciado antes da situação piorar.

Veja também: Cárie: Saiba como evitar, suas causas e tratamentos

-Fluorose dentária

Por mais que o flúor seja importante para proteger os dentes e impedir desgastes causados por bactérias e substâncias da saliva e alimentação, ele precisa ser utilizado na dose certa.

Caso contrário, o paciente pode desenvolver fluorose dentária, que é justamente uma das causas mais comuns das manchas brancas no dente.

Trata-se de uma condição ocasionada, normalmente, pelo excesso de exposição ao flúor, sobretudo no período de desenvolvimento dos elementos dentários.

Saiba mais sobre a fluorose e seus efeitos no esmalte dos dentes

Isso significa que é um problema que acontece, principalmente, entre as crianças, o que não quer dizer que os adultos estão livres dele.

Pode surgir tanto pelo uso de quantidade excessiva de creme dental ou consumo acidental, por exemplo.

Quanto pelo flúor presente na água ou até mesmo na aplicação de flúor realizada pelo dentista, se a dose for maior do que a recomendada para combate às cáries.

Flúor na água estraga os dentes?

Neste caso, os danos costumam ser estritamente estéticos e não comprometem a estrutura dental e nem geram outras complicações.

Mas é necessário tratamento para quem deseja resgatar a cor original.                     

-Hipoplasia de esmalte

Outra condição que pode ocasionar manchas brancas no dente é a hipoplasia de esmalte, que é quando a matriz orgânica do esmalte não se formou por completo ou de forma deficiente.

Além do fator hereditário, esse tipo de problema também pode ser causado por cáries nos dentes de leite, déficit de vitaminas, determinados medicamentos e traumas.

Dependendo da gravidade, o paciente ainda pode ter a coloração do dente alterada, assim como irregularidade estrutural.

Também podem surgir pequenas linhas nos dentes e, em alguns casos, até mesmo faltar parte do elemento dentário.

Quem sofre de hipoplasia de esmalte, ainda tem mais chances de desenvolver cárie e sensibilidade dentária.

-Outras causas

manchas brancas no dente

O tabagismo também é outro fator que pode desencadear manchas brancas no dente

Além das alterações bucais mencionadas, outros fatores podem causar manchas brancas no dente.

Tais como o tabagismo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, que resultam na desidratação dos dentes.

Bem como acidez excessiva na cavidade oral, que também ocasiona uma desmineralização e alterações no esmalte dentário.

Seja em decorrência de uma baixa qualidade de fluxo salivar ou pelo consumo de alimentos ácidos.

Problemas de saúde na infância também podem ter relação com manchas brancas no dente. Sobretudo doenças respiratórias ou enfermidades como amigdalite, rubéola, otite e outras.

Por fim, a amelogênese imperfeita, doença hereditária que afeta o esmalte dos dentes, também é outra possível causa desse tipo de problema.

Os diferentes tipos de tratamento

Em primeiro lugar, é importante ter em mente que o tratamento vai depender diretamente do que causou as manchas brancas no dente.

Mas, de forma geral, esse tipo de problema costuma ser solucionado por meio de três procedimentos odontológicos. Confira quais são eles:

  • Microabrasão: é um dos procedimentos mais procurados para tratar manchas brancas nos dentes e geralmente é indicado para casos leves. Por mais que seja pouco invasivo, promove um pequeno desgaste no dente, por meio de substâncias químicas, para remover a camada mais superficial do esmalte. Ou, ainda, age apenas na parte afetada até atingir a camada de coloração natural.
  • Clareamento dentário: recomendado para casos medianos, visa remover a camada mais externa do dente para tirar as manchas brancas e deixar os dentes mais claros, sem o risco de danificá-los. Lembrando que existe um ponto de saturação, portanto, nem todo dente vai ficar super branco. O resultado depende muito da cor original do dente de cada paciente. Clareamento dental prejudica o esmalte dos dentes?
  • Facetas dentárias: é uma alternativa para casos mais acentuados, onde uma espécie de capa de porcelana sobrepõe a parte exterior do dente para resolver o problema de forma rápida. Apesar de ser uma técnica mais invasiva, que realiza um desgaste na superfície do dente, também possibilita alteração de cor, tamanho, forma e comprimento dos dentes. Facetas dentárias de resina ou porcelana: qual é a melhor?

Como prevenir o surgimento das manchas brancas no dente

Outra boa notícia é que prevenir as manchas brancas no dente é mais fácil do que você imagina. Confira algumas simples medidas para manter sua saúde bucal em dia:

  • Realize a higiene bucal de forma adequada, com ao menos três escovações ao dia e uso diário de fio dental
  • Utilize uma escova dental apropriada, com aplicação de creme dental com flúor, na dose certa
  • Mantenha as pastas de dente fora do alcance das crianças para evitar seu consumo acidental
  • Evite fumar e consumir excessivamente bebidas alcoólicas, assim como alimentos e bebidas ácidas para prevenir danos ao esmalte do dente
  • Faça visitas periódicas no consultório odontológico, inclusive para remoção de placas e tártaros, limpeza dental, aplicação de flúor e acompanhamento da saúde bucal
  • Se necessário, seu dentista pode recomendar produtos específicos para remineralização do esmalte dentário, a fim de evitar o aparecimento de manchas brancas no dente

Você também vai gostar de ler