Mancha no dente depois de tirar o aparelho: descubra o que pode causá-la e como evitá-la

Mancha no dente depois de tirar o aparelho

14/06/2021 | Por: Odonto Busca Conteúdo

Já imaginou passar anos em tratamento ortodôntico e ser surpreendido com mancha no dente depois de tirar o aparelho?

Ninguém espera por isso, não é mesmo? A verdade é que esse tipo de situação pode sim acontecer, mas não é uma regra, conforme você entenderá no decorrer desse artigo.

Odontólogo, cadastre-se e garanta seu lugar entre os melhores profissionais do país. Seja visto mais vezes por clientes em potencial da sua região.

Paciente, crie a sua conta e tenha acesso a centenas de profissionais, em todas as regiões do país, para marcar a sua consulta com praticidade.

Além de descobrir em quais casos isso pode acontecer, você verá que tipos de hábitos podem favorecer o surgimento de manchas enquanto se utiliza aparelho, principalmente o fixo.

Também abordaremos algumas das principais medidas adotadas para remover esse tipo de mancha.

E, o melhor, como você pode evitar esse tipo de surpresa. Veja tudo que será abordado sobre o tema:

  • Mancha no dente depois de tirar o aparelho: uma cena para a qual ninguém está preparado
  • Isso pode realmente acontecer ou não passa de um mito?
  • O que causa a mancha no dente depois de tirar o aparelho
  • Aparelho não é o responsável pela mudança da coloração dos dentes
  • O que fazer ao se deparar com mancha no dente depois de tirar o aparelho
  • Como realizar uma higiene bucal adequada
  • Outras medidas simples que podem ajudar a prevenir esse tipo de surpresa

Mancha no dente depois de tirar o aparelho: uma cena para a qual ninguém está preparado

O tratamento ortodôntico é aquele tipo de “sacrifício” que a gente se submete por acreditar que, no final, tudo vai valer a pena.

Tanto no que se refere aos incômodos gerados em cada manutenção ou às restrições alimentares, impostas, sobretudo, para quem utiliza aparelho fixo.

E, principalmente, à aparência não muito agradável do sorriso metálico, que pode se prolongar por anos.

Não é à toa que a data de retirada do aparelho é tão esperada. A ansiedade é grande para se livrar daquela estrutura incômoda e dar espaço para o sorriso branco e perfeito.

Mas eis que, no grande dia, você se depara com mancha no dente depois de tirar o aparelho. E é aí que a doce espera é substituída pela frustração.

E, imediatamente, diferentes questionamentos passam pela sua cabeça: o que aconteceu de errado? O que preciso fazer para me livrar dessas manchas?

Continue lendo esse artigo para saber as respostas dessas e de outras perguntas.

Veja também: Aparelho fixo metálico: O que saber antes de usar

Isso pode realmente acontecer ou não passa de um mito?

Por mais que a mancha no dente depois de tirar o aparelho seja uma situação inesperada e desanimadora, a verdade é que isso pode realmente acontecer.

Principalmente quando se trata do aparelho ortodôntico fixo.

É muito comum pacientes que passam por esse tipo de tratamento se depararem com um sorriso manchado após a remoção das peças.

Enquanto uns se queixam de dentes com aspecto amarelado, outros podem notar manchas esbranquiçadas quando retiram o aparelho.

O que, além de decepção, causa desconforto, preocupação e afeta diretamente a autoestima.

A boa notícia é que isso não é uma regra e é um cenário que pode sim ser evitado, com medidas simples e acessíveis, conforme abordaremos logo mais.

O que causa a mancha no dente depois de tirar o aparelho

Mancha no dente depois de tirar o aparelho

Estrutura do aparelho ortodôntico fixo acaba favorecendo acúmulo de restos de alimentos e dificultando a higiene bucal

Antes de falarmos em quais casos a mancha no dente depois de tirar o aparelho costuma aparecer.

E, principalmente, o que fazer para se livrar dela, é importante entender porque o uso do aparelho ortodôntico, principalmente o fixo, pode ocasionar esse tipo de contratempo.

Quando não utilizamos aparelho, a superfície lisa e brilhante do dente acaba dificultando um pouco que sujidades se prendam na superfície dos elementos dentários.

Mas essa situação muda assim que iniciamos o tratamento ortodôntico e, sobretudo, quando peças são fixadas sobre nossos dentes.

Isso porque os arcos e bráquetes que são colados na face dental acabam favorecendo o acúmulo de restos de alimentos e dificultando a higienização.

O que, consequentemente, propicia a formação e concentração de placa bacteriana, principalmente ao redor dos bráquetes, que é um componente fundamental para o aparelho ortodôntico.

Como essa placa é composta por restos de comida e microrganismos vivos, os ácidos orgânicos produzidos pela mesma acabam entrando em ação.

E, com isso, o esmalte do dente acaba sofrendo uma descalcificação, o que afeta diretamente os cristais que o compõem, alterando a reflexão da luz.

O que, com o tempo, resulta em um aspecto de dentes com manchas brancas e, em alguns casos, até mesmo amarelados.

Aparelho não é o responsável pela mudança da coloração dos dentes

Mas é preciso destacar que o aparelho ortodôntico fixo não é o culpado pelo aparecimento de mancha no dente.

O verdadeiro responsável por essa intercorrência, acredite se quiser, é o próprio paciente que não realizou uma higiene bucal adequada e eficiente durante o tratamento ortodôntico.

É naturalmente esperado que, após a instalação do aparelho, escovar os dentes ou passar o fio dental demande mais tempo e dedicação.

Não é à toa que existem acessórios específicos, como a escova interdental e o passa fio, na tentativa de facilitar esses processos.

Mas como os arcos, fios e bráquetes acabam dificultando a higienização, é muito comum vermos pessoas relaxando dos hábitos de higiene bucal com o tempo.

Seja realizando a escovação de qualquer jeito, sem o mínimo de capricho, ou deixando de utilizar o fio dental, por exemplo.

E como os pacientes ortodônticos costumam ir mensalmente no consultório odontológico para as manutenções do aparelho, é muito comum criarem a falsa impressão de que está tudo sob controle.

Inclusive porque o problema acaba nem sendo percebido por grande parte das pessoas, já que os bráquetes podem mascarar o acúmulo de placa bacteriana.

O que fazer ao se deparar com mancha no dente depois de tirar o aparelho

Se você, infelizmente, teve a infelicidade de descobrir mancha no dente depois de tirar o aparelho, é preciso, em primeiro lugar, avaliar a dimensão e intensidade dessas manchas.

A mancha branca, por exemplo, é um sinal de perda de mineral pelo esmalte dentário.

Mas quando é diagnosticada em sua fase inicial, ainda é passível de remineralização, já que se encontra parcialmente desmineralizada.

Neste caso, uma boa higiene bucal, associada à uma limpeza dental profissional e à aplicação de produtos com flúor, já podem ser suficientes para solucionar o problema.

Isso porque a profilaxia consiste justamente em uma higienização profissional para remover tártaros e placa bacteriana.

O que, consequentemente, acaba eliminando algumas manchas superficiais e deixando os dentes mais claros. Mas é importante ter em mente que a limpeza de dente com aparelho demanda cuidados especiais.

Por outro lado, há pacientes que podem apresentar manchas com maior intensidade e dimensão, o que demanda uma intervenção profissional mais complexa.

Entre os principais procedimentos clínicos realizados nesse tipo de situação estão a microabrasão, a restauração dentária e a implantação de facetas.

O clareamento dentário até costuma ser adotado em alguns casos, mas nem sempre consegue remover as manchas, apenas amenizar as pigmentações mais intensas.

Neste caso, além de indicação profissional, o recomendável é que o tratamento seja realizado e acompanhado de perto por um profissional dentista.

É importante ressaltar que há casos em que os pacientes chegam a apresentar manchas típicas de cáries, o que muitas vezes podem ser consideradas irreversíveis.

Como realizar uma higiene bucal adequada

Mancha no dente depois de tirar o aparelho

Há escovas dentais específicas no mercado, com formatos diferenciados, para facilitar a limpeza dos dentes de pacientes com aparelho

Conforme já mencionado anteriormente, a boa notícia é que a mancha no dente depois de tirar o aparelho é uma cena que pode ser evitada.

E, o melhor, com medidas simples e que já estão bastante presentes no nosso dia-a-dia.

A começar por uma escovação realizada da forma correta. Ou seja, escovar dentes, língua e gengiva ao menos três vezes ao dia, sobretudo após as refeições.

A higienização noturna deve receber ainda mais atenção. Isso porque, quando dormimos, a produção de saliva diminui, o que favorece a ação bacteriana.

O ideal é que o processo de escovação se prolongue por pelo menos três minutos e seja constituído por movimentos suaves e curtos que alcancem todas as superfícies dos dentes.

Inclusive, hoje em dia existem escovas dentais específicas para quem utiliza aparelho ortodôntico, com formatos diferenciados, para facilitar a limpeza.

Saiba como escolher a melhor escova dental

Outras medidas simples que podem ajudar a prevenir esse tipo de surpresa

Além de uma escovação minuciosa, o fio dental também deve ser utilizado diariamente e da forma correta.

Tanto para remover os restos de alimentos entre os dentes, quanto ajudar a prevenir a proliferação de bactérias e o surgimento de muitas das doenças bucais.

Fio dental para dentes: descubra a forma correta de utilizá-lo

O creme dental e o enxaguante bucal com flúor também são grandes aliados, já que auxiliam na remineralização dos cristais do esmalte dentário.

Enxaguantes bucais: Hálito fresco e prevenção às doenças da boca

Outra medida importante é realizar a limpeza dental no intervalo indicado pelo profissional dentista.

O mais comum é que seja semestralmente, mas há casos de pacientes que precisam realizar a cada três meses e, inclusive, realizar uma avaliação extra com um clínico a cada seis meses.

Os cuidados com a alimentação também merecem atenção. A começar evitando uma dieta cariogênica, pois alimentos ricos em açúcar favorecem a formação da placa bacteriana.

E, ainda, reduzindo o consumo de bebidas escuras, como café, chá, refrigerantes a base de cola, bem como alimentos ricos em corantes, que podem favorecer o aparecimento de mancha no dente depois de tirar o aparelho.

Você também vai gostar de ler