Clareamento dental com moldeira: uma opção segura, prática e acessível

clareamento dental com moldeira

26/05/2021 | Por: Odonto Busca Conteúdo

O sorriso é um dos nossos principais cartões de visita. Não é à toa que dentes brancos é o sonho de muita gente. A boa notícia é que hoje em dia existem várias formas de se alcançar esse objetivo, como o clareamento dental com moldeira.

Além de ser considerado um dos métodos de clareamento mais acessíveis financeiramente, o clareamento dental com moldeira agrada os pacientes que não têm disponibilidade para frequentar o consultório odontológico.

Por outro lado, ao contrário do que muitos pensam, isso não significa que o paciente não precisará procurar um profissional dentista.

Neste artigo, você irá descobrir porque a atuação do odontólogo é importante nesse caso, além de entender como funciona o procedimento, se há riscos, quais os cuidados necessários, sua duração e muito mais.

Odontólogo, cadastre-se e garanta seu lugar entre os melhores profissionais do país. Seja visto mais vezes por clientes em potencial da sua região.

Paciente, crie a sua conta e tenha acesso a centenas de profissionais, em todas as regiões do país, para marcar a sua consulta com praticidade.

Confira tudo que será abordado sobre o assunto:

  • Clareamento dental com moldeira é seguro, prático e acessível
  • Tratamento é caseiro, mas não dispensa acompanhamento profissional
  • Como funciona o clareamento dental com moldeira
  • Cuidados necessários durante e após o tratamento
  • Qual é a duração do clareamento dental com moldeira
  • Procedimento pode apresentar riscos se não for realizado adequadamente
  • Retoques e manutenções do clareamento dental com moldeira

Clareamento dental com moldeira é seguro, prático e acessível

O incômodo com a coloração dos dentes faz com que muitas pessoas se sintam insatisfeitas com seu sorriso e, inclusive, evitem sorrir em muitas circunstâncias.

Com isso, alguns acabam buscando soluções caseiras para reverter a situação e melhorar a estética, mas que nem sempre são seguras.

O clareamento dental com moldeira, também conhecido como clareamento caseiro, vem ganhando destaque justamente por ser um método prático, acessível e seguro de se garantir os tão sonhados dentes brancos.

Além disso, é um tratamento de fácil realização, cujo processo é conduzido pelo próprio paciente no conforto da sua casa. Mas, claro, a partir das orientações de um profissional dentista, conforme veremos a seguir.

Tratamento é caseiro, mas não dispensa acompanhamento profissional

Engana-se quem pensa que, por ser considerado um tratamento caseiro, o clareamento dental com moldeira dispensa acompanhamento profissional.

A atuação do profissional dentista é de fundamental importância para o sucesso do procedimento.

A começar pelo fato de que os pacientes interessados em realizar qualquer tipo de clareamento devem passar por um exame clínico, primeiramente, para avaliar se estão realmente aptos a realizar o tratamento.

Em casos de cáries e doenças periodontais, por exemplo, os problemas precisam ser tratados antes de iniciar o clareamento. Alguns pacientes também podem precisar passar por uma limpeza dental.

Além disso, é o profissional dentista quem faz o molde das arcadas dentárias para fabricação sob medida das moldeiras que serão utilizadas no clareamento.

E as testam na boca do paciente, quando prontas, para garantir que o encaixe acontece perfeitamente.

Se, por ventura, o acessório estiver folgado ou apertado, o odontólogo também providencia os ajustes necessários para evitar problemas futuros e o comprometimento do resultado.

E, depois, o entrega ao paciente junto com as seringas de gel clareador, quando também repassa as devidas orientações para sua utilização.

Durante o tratamento, as consultas com o profissional dentista também são primordiais para acompanhar a eficácia e possíveis efeitos colaterais do tratamento.

Como funciona o clareamento dental com moldeira

Clareamento dental com moldeira

Após serem preenchidas com pequenas quantidades do gel clareador, moldeiras devem ser encaixadas nos dentes

A rotina do clareamento dental com moldeira costuma ter início com a higienização bucal do paciente.

Após a escovação e o uso do fio dental, é hora de preencher o interior das moldeiras de silicone, fabricadas sob medida, com o gel clareador e encaixá-las nas arcadas.

Lembrando que o produto deve ser aplicado em pequenas quantidades, seguindo as orientações repassadas pelo profissional dentista.

De forma geral, o gel, que geralmente é composto por peróxido de hidrogênio ou carbamida, deve ficar em contato com os dentes por pelo menos uma hora, todos os dias.

Mas, dependendo da cor dos dentes do paciente e seu objetivo, esse tempo pode se prolongar.

Após o uso, o gel deve ser retirado cuidadosamente dos dentes e gengivas, assim como qualquer resíduo que tenha ficado no interior da moldeira, que deve ser guardada lavada e seca.

Cuidados necessários durante e após o tratamento

Alguns cuidados são imprescindíveis para garantir o resultado do clareamento dental com moldeira. E isso não é só durante o procedimento, mas também após sua conclusão.

A começar pela higiene bucal, que não deve ser descuidada em momento algum. Muitas pessoas não se atentam ao fato de que o acúmulo de placa bacteriana e tártaro também pode influenciar na coloração dos dentes.

Portanto, escovar os dentes ao menos três vezes ao dia, sobretudo após as refeições, e o uso diário do fio dental da maneira correta também são formas de manter os dentes brancos e limpos, além de saudáveis.

Contudo, é preciso ter cuidado com cremes dentais clareadores, já que eles possuem abrasivos químicos em sua composição que podem causar danos ao esmalte dentário.

Para os pacientes que têm o hábito de fazer bochechos com antissépticos, é importante ainda optar por modelos sem álcool e sem corantes para não prejudicar os tecidos bucais.

Também é recomendável evitar o consumo de bebidas e alimentos ricos em corantes e pigmentos, pois podem provocar manchas e alterações na cor dos dentes.

Tais como vinho tinto, açaí, açafrão, cenoura, molho de tomate, beterraba, shoyu, ketchup, mostarda, suco de uva, refrigerante, café, chá mate, entre outros.

Uma alternativa é enxaguar os dentes ou escová-los imediatamente após o contato com algum desses itens ou até mesmo o uso de canudo, no caso das bebidas.

Já para quem não consegue ficar longe do café, uma alternativa é consumi-lo misturado ao leite.

Outro hábito nocivo à saúde, inclusive dos dentes, é o tabagismo, que acelera e potencializa seu escurecimento.

Qual é a duração do clareamento dental com moldeira

Conforme já mencionado anteriormente, a duração do clareamento dental com moldeira varia de caso para caso.

De forma geral, o tratamento dura em média três semanas, mas há casos em que 15 dias são suficientes, assim como há outros em que o procedimento pode durar um mês ou mais.

Esse tempo está diretamente relacionado ao estado dos dentes do paciente, assim como ao seu objetivo final.

Além disso, o período de uso do gel também pode influenciar na duração do tratamento.

Isso porque enquanto alguns pacientes utilizam a moldeira com o produto por uma, duas ou até quatro horas diárias, outros chegam a passar toda a noite com ela, enquanto dormem.

Lembrando que a forma e o período de uso, o tipo e a quantidade de gel variam conforme o caso do paciente, o que reforça a necessidade e importância de seguir as orientações repassadas pelo profissional.

Veja também: Clareamento dos dentes: Com qual frequência pode ser repetido?

Procedimento pode apresentar riscos se não for realizado adequadamente

Clareamento dental com moldeira

Excesso de quantidade de produto, de tempo de contato do gel com os dentes ou na frequência do tratamento pode causar problemas à saúde bucal

Por mais que o clareamento dental com moldeira seja considerado um procedimento seguro e conservador, ele também pode apresentar alguns riscos para os dentes e tecidos moles.

Mas, antes que você manifeste preocupação com essa informação, adiantamos que, de maneira geral, esses riscos não são significativos e costumam aparecer apenas quando o processo não é conduzido adequadamente.

Eles surgem, principalmente, como resultado do excesso, seja de quantidade de produto, do tempo de contato do gel com os dentes ou frequência do tratamento.

Isso significa que se o paciente seguir todas as orientações repassadas pelo profissional dentista, não há o que temer.

Caso contrário, os prejuízos podem começar com sensibilidade dentária, leves dores, queimaduras nas gengivas, desidratação dos dentes, entre outros problemas.

E, em casos mais graves, evoluírem para inflamação dos nervos e vasos sanguíneos do canal do dente e pulpite, por exemplo.

Há situações também em que a própria moldeira pode acabar machucando a boca, quando não é fabricada da maneira correta ou não é testada antes do início do tratamento.

Importante ressaltar que o clareamento dental com moldeira é um procedimento indolor. Portanto, se o paciente manifestar qualquer desconforto anormal, dor ou sensação de queimação, é sinal de alerta.

O recomendável nesses casos é remover imediatamente a moldeira, lavar a região com água corrente e procurar um profissional especialista.

Vale destacar, ainda, que o procedimento costuma ser contraindicado para gestantes e mulheres que estão amamentando.

Retoques e manutenções do clareamento dental com moldeira

E para quem acha que o clareamento dental com moldeira garante dentes brancos para toda a vida, isso não passa de um mito.

Conforme já abordado anteriormente, a duração do resultado do tratamento vai depender diretamente dos cuidados do paciente. Sobretudo de seus hábitos e saúde bucal.

Há casos de pessoas, por exemplo, que realizam os retoques somente a cada dois anos ou anualmente. Por outro lado, existem outros que precisam de manutenção semestralmente.

Quem fuma ou consome bebidas e alimentos ricos em corantes e pigmentos com grande frequência, com certeza necessitará de manutenção mais cedo.

A boa notícia é que esses retoques podem ser feitos de forma caseira, com a utilização da moldeira preenchida de gel por duas ou três noites. Ou no consultório odontológico, para quem assim preferir.

Portanto, é preciso ter em mente que os cuidados com os dentes devem ser mantidos mesmo após o clareamento dental com moldeira para garantir a durabilidade dos resultados.

Você também vai gostar de ler