Bichectomia para homens garante delineamento mandibular e equilíbrio facial

bichectomia envelhece

05/07/2021 | Por: Odonto Busca Conteúdo

A bichectomia para homens é um procedimento que vem sendo cada vez mais buscado nos consultórios odontológicos.

Isso porque trata-se de um procedimento rápido e relativamente simples que garante excelentes resultados estéticos.

Tais como diminuição do tamanho das bochechas, afinamento facial e, sobretudo, realce das características faciais masculinas.

O que, consequentemente, contribui para uma melhor harmonização facial.

Odontólogo, cadastre-se e garanta seu lugar entre os melhores profissionais do país. Seja visto mais vezes por clientes em potencial da sua região.

Paciente, crie a sua conta e tenha acesso a centenas de profissionais, em todas as regiões do país, para marcar a sua consulta com praticidade.

Nesse artigo, você irá entender o que é a bichectomia para homens, como o procedimento é realizado, os detalhes do pré e pós-operatório, seus resultados e muito mais.

Veja tudo que será abordado sobre o assunto:

  • Bichectomia para homens: o que é isso?
  • Em quais casos a bichectomia para homens é indicada
  • Avaliação e pré-operatório
  • Características masculinas impactam diretamente no resultado final
  • Como a bichectomia para homens é realizada
  • Cuidados necessários no pós-operatório
  • Pode remover a barba logo após a bichectomia para homens?
  • Conheça alguns dos possíveis riscos da microcirurgia
  • Em quanto tempo os resultados aparecem
  • Quanto custa a bichectomia para homens

Bichectomia para homens: o que é isso?

A bichectomia para homens é um procedimento que consiste na retirada das bolas de bichat, glândulas de gorduras localizadas na região das bochechas que todos nós temos, até mesmo as pessoas com rostos mais finos.

Também conhecida como lipoplastia facial, a técnica visa eliminar o excesso de gordura para diminuir o tamanho das bochechas e melhorar o aspecto facial.

Em alguns casos, a bichectomia para homens chega a ser combinada com a mentoplastia para modelar ainda mais a face.

Entenda como a mentoplastia pode contribuir para o equilíbrio estético e funcional da face

Contudo, é preciso ter em mente que o procedimento não é indicado em todos os casos, conforme veremos mais adiante.

Inclusive porque o formato mais arredondado nem sempre é ocasionado por conta das gorduras de bichat.

Veja também: Bichectomia: o que é e quais são seus prós e contras

Em quais casos a bichectomia para homens é indicada

A maquiagem é um recurso bastante utilizado pelas mulheres para afinar o rosto e realçar suas maçãs.

Como grande parte dos homens não é adepta à essa alternativa, acabam sofrendo mais com o excesso de gordura na região da bochecha.

Principalmente porque em muitos casos nem dieta e atividade física são capazes de reduzir esse volume aumentado, que costuma gerar insatisfação e desconforto estético.

É aí que entra a bichectomia para homens.

Realizado, na maior parte dos casos, com finalidades estéticas, o procedimento é uma boa opção para quem se considera bochechudo.

E almeja um rosto mais fino, com bochechas menos protuberantes, contornos ósseos mais marcados e maçãs mais evidentes.

É indicado, ainda, para quem deseja deixar as características masculinas mais marcantes, conforme explicaremos mais detalhadamente logo mais.

Mas também pode ser realizado com fins terapêuticos, sobretudo em casos de mordiscamento.

Que é quando o paciente morde involuntariamente as bochechas e sofre, diariamente, com lesões e sangramentos na região.

Contudo, é preciso ter em mente que a bichectomia para homens não é para todo mundo, conforme você entenderá a seguir.

Avaliação e pré-operatório

bichectomia para homens

Cirurgião-dentista realiza uma análise facial minuciosa para verificar se a bichectomia para homens é a técnica mais indicada para atingir a harmonização facial

Antes de partir para a realização da bichectomia, o paciente precisa passar por uma avaliação para verificar se realmente este é o procedimento mais indicado para atingir a harmonização facial.

Entenda como funciona e as diferenças da harmonização facial masculina

Isso porque há casos em que o volume de gordura não é considerado excessivo e, portanto, não há necessidade de extrair as bolas de bichat.

Ou até mesmo porque o paciente já tem mandíbula e masseter bem marcados, o que muitas vezes dispensa a necessidade de realização da bichectomia.

Além de ouvir as queixas e desejos do paciente, o profissional dentista realiza uma análise facial minuciosa para entender o que, de fato, causa o desconforto estético.

Se realmente for constatada a necessidade de retirada da bola de bichat, exames sanguíneos podem ser solicitados para avaliar a saúde geral do paciente.

Já para o pré-operatório, geralmente é recomendado priorizar uma alimentação leve e evitar cigarro e bebida alcóolica.

Em alguns casos, também pode ser preciso suspender medicações que possam interferir na coagulação sanguínea e cicatrização.

Características masculinas impactam diretamente no resultado final

Antes de explicarmos como funciona a bichectomia para homens, é preciso entender que os resultados não são os mesmos do procedimento realizado em mulheres.

Isso porque cada público apresenta uma composição facial diferente.

As mulheres, por exemplo, têm uma tendência para um rosto mais delicado e é a parte média do rosto que recebe mais destaque.

Já os homens geralmente possuem um formato mais quadrado, além de ângulo mandibular mais marcado e terço inferior do rosto bem delineado.

Além disso, dispõem de musculatura e parte óssea mais densa e robusta do que as mulheres.

É por isso que o excesso de volume de bochecha costuma incomodar tanto.

Ele acaba mascarando a musculatura mais elevada da face e comprometendo, de certa forma, o padrão de beleza masculina.

A bichectomia para homens visa justamente devolver esse equilíbrio e harmonização facial ao deixar o terço superior da face, uma das principais características masculinas, mais marcante.

O que significa delineamento da estrutura face e um rosto com aparência mais fina e com mais contorno na região entre as maçãs e mandíbulas.

Como a bichectomia para homens é realizada

Conforme já mencionado, a composição do rosto e o resultado da bichectomia são diferentes entre homens e mulheres.

Ainda assim, o procedimento é realizado da mesma forma, independentemente do gênero do paciente.

Ou seja, por meio de uma microcirurgia, que é feita no próprio consultório odontológico e dura aproximadamente 40 minutos.

Mediante anestesia local, que pode ser com ou sem sedação, o profissional dentista realiza incisões de aproximadamente 0,5cm a 1,0cm, por dentro da boca.

Então, as bolas de bichat são identificadas e cuidadosamente retiradas para evitar danos as estruturas anatômicas adjacentes e intercorrências.

A bichectomia para homens utiliza a borda anterior do masseter como margem de segurança.

O que significa que, quando as bolas de bichat são retiradas, a pele é liberada para encostar nessa borda que, anteriormente, se encontrava elevada por conta do excesso de gordura.

O que resulta em uma marcação mais elevada na região do masseter e, consequentemente, um melhor aspecto mandibular, deixando o rosto mais quadrado.

Os microcortes podem ser fechados tanto com suturas absorvíveis, que saem sozinhas.

Quanto não absorvíveis, que demandam retorno após a cicatrização para remoção, o que leva cerca de uma semana.

Cuidados necessários no pós-operatório

bichectomia para homens

O pós-operatório da bichectomia para homens, assim como para mulheres, é muito parecido com o da cirurgia de remoção dos sisos.

Nas primeiras 48 horas, principalmente, o paciente deve investir na aplicação de compressas geladas na região e evitar mastigar.

Portanto, o recomendável é priorizar uma alimentação líquida ou pastosa, preferencialmente fria ou gelada.

Também não é aconselhável o consumo de condimentos e alimentos cítricos. Bem como conversar em excesso e se expor ao sol quente.

O retorno às atividades físicas também deve aguardar de cinco a sete dias, pelo menos.

Importante destacar que o paciente também deve seguir à risca as recomendações relacionadas à medicação.

Em alguns casos, também pode ser aconselhável a realização de drenagem linfática facial para contribuir com a melhora do inchaço e retorno mais rápido às atividades.

Pode remover a barba logo após a bichectomia para homens?

Uma pergunta muito comum quando se trata da bichectomia para homens é se o paciente pode remover a barba logo após a realização do procedimento.

Como a microcirurgia não deixa nenhuma cicatriz na parte externa do rosto, consequentemente não há nenhuma via de contaminação exposta.

Portanto, se o receio do paciente for por conta disso, não há com o que se preocupar.

Por outro lado, a região pode acabar ficando sensível por conta do trauma ocasionado pelas incisões e retirada das bolas de bichat.

O que significa que qualquer manuseio na área pode acabar intensificando esse trauma. Então, o preferível é aguardar alguns dias para remover a barba.

Conheça alguns dos possíveis riscos da microcirurgia

Por mais que a bichectomia para homens seja uma intervenção relativamente tranquila, ela não está isenta de riscos.

Em primeiro lugar porque as bolas de bichat ficam em uma região próxima aos nervos que movimentam os músculos da face.

O que significa que sua retirada deve ser realizada de forma mais cuidadosa possível para evitar possíveis intercorrências. Como paralisações faciais, em casos mais extremos.

Além disso, o procedimento pode apresentar efeitos negativos a longo prazo.

Isso porque, como o rosto acaba perdendo gordura com o passar dos anos, as glândulas podem ser úteis quando a idade estiver avançada.

Sobretudo para manter a face mais volumosa e menos flácida. O que significa que a retirada das bolas de bichat podem acabar comprometendo a aparência do paciente no futuro.

Em quanto tempo os resultados aparecem

Bichectomia para homens

Bichectomia para homens proporciona alterações sutis e discretas que podem ser percebidas cerca de três meses após o procedimento

De forma geral, o paciente leva de três a cinco dias para se recuperar da microcirurgia. E raramente a fase mais aguda do pós-operatório passa de uma semana.

O que significa que os primeiros efeitos já podem começar a serem vistos nas primeiras semanas, principalmente após a região desinchar.

Mas o resultado parcial só tende a começar a ficar perceptível cerca de um mês após a cirurgia.

Enquanto o resultado final é esperado para três meses após a realização da bichectomia.

Por mais que o resultado seja visível em alguns pacientes, de forma geral a bichectomia para homens proporciona alterações sutis e discretas.

Quanto custa a bichectomia para homens

Outra dúvida bastante comum sobre a bichectomia para homens é em relação aos custos do procedimento.

De forma geral, é preciso investir entre R$ 5 mil e R$ 8 mil para realizar a microcirurgia.

Mas existem sim profissionais e estabelecimentos que cobram abaixo ou até mesmo acima desses valores.

O preço final vai depender muito do cirurgião-dentista que irá realizar a bichectomia para homens, localização e estrutura de atendimento.

Você também vai gostar de ler